13.8.08

metrô

repetição da mesma
paisagem de concreto
aqui não tem estrelas
minha retina já está colada
nas paredes desse túnel
esse cinza passa tão rápido
por mim que até parece preto
nessa máquina do tempo
não cabem janelas
só voz eletrônica da mulher
que me pede cuidado
fosse caso eu voava
com esse cinza
e o corpo ficava sentado
no banco verde e duro

4 comentários:

Eduardo Politzer disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Eduardo Politzer disse...

metro causa uma sensação estranha mesmo... eu nao consigo ficar muito confortavel nao importa quantas vezes eu tenha andado.

Ansiedade Antropofágica disse...

Muito bom..

Ansiedade Antropofágica disse...

Ficou muito legal o layout novo