14.10.07

A boca entreaberta em silêncio
Sentindo o gosto de suor.

O corpo canta deitado na cama
Uma música nova.

Os olhos gritam fixos sem parar:
Eu quero que você fique.

2 comentários:

Joana disse...

diana, que coisas lindas encontrei por aqui! inspiraram sonhos depois de ter chegado do trabalho às 4 da manhã... beijo grande e muita saudade!

Isabelle disse...

Esse olhar do amor fala na linguagem das almas depois de saciada a sede da boca do corpo!