30.6.16

tinha que encontrar um jeito
de não te arrancar um pedaço
com a mordida, de não
te cegar com essa luz que bate
que vem de não sei onde
de mim, de te botar no colo
de te dizer vai ficar tudo bem
tá tudo bem

Nenhum comentário: